Mestrado Integrado em Medicina na Faculdade de Medicina da UCP

As candidaturas para o Mestrado Integrado em Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa estão abertas até…
Partilhar
Facebook
LinkedIn
WhatsApp

As candidaturas para o Mestrado Integrado em Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa estão abertas até ao dia 01 de junho.
Como é o processo de candidatura?
O processo de candidatura tem quatro etapas:
1. Até dia 01 de junho – Submissão da candidatura online: Preenchimento dos dados pessoais e informação académica provisória. Nesta fase, basta indicar as notas previstas e esperadas.
2. Até dia 06 de junho – Preenchimento do portefólio online: Após validação das candidaturas, tens até 72 horas para responder em inglês às quatro questões que constituem o portefólio.
3. De 04 a 16 de julho – Participar obrigatoriamente nas minientrevistas: Estas decorrem em inglês e presencialmente na Faculdade de Medicina.
4. De 01 a 10 de agosto – Submissão dos documentos e notas finais: Este é o último passo da candidatura, quando tens de submeter todos os documentos finais (exemplos: ficha ENES, certificado do ensino secundário, certificado comprovativo do nível de Inglês).
Porquê a Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa?
O Mestrado Integrado em Medicina da Católica apresenta um conjunto de características diferenciadoras que o tornam único e inovador. Destaque-se: Único curso de Medicina em Portugal lecionado em língua inglesa; Módulos funcionais e verdadeiramente integrados entre si; Ensino de competências clínicas desde o 1.º dia; Ensino centrado no aluno, com a utilização da metodologia Problem-Based Learning (PBL) – pequenos grupos tutoriais, com cerca de 10 alunos, nos quais os alunos têm de lidar com problemas do “mundo real”, traçar os seus próprios objetivos de aprendizagem e conduzir a investigação de cada caso, sob supervisão do Tutor; Rácio de 2 alunos por médico nas rotações clínicas e estágios; Forte componente de formação em competências (comunicação, procedimentos clínicos e interpretação de imagem); Envolvimento dos alunos em projetos de investigação.

Agrupamento